Aprenda DAX do ZERO – Parte 2

No Post anterior, entendemos para que serve o DAX, assim como calcular valores usando DAX no Power BI e como podemos comentar linhas no DAX. Hoje vamos continuar com o nosso aprendizado, assim acrescentando ainda mais conteúdo. Se você quiser aplicar o conhecimento aprendido nesta série de postagem, recomendo baixar e instalar o Power BI.
Para instalar o Power BI no Windows, basta acessar a loja do próprio Windows 10 e pesquisar por Power BI Desktop. Ao instalar, você estará pronto para praticar suas medidas em DAX. (Na internet tem um vasto conteúdo sobre instalação do Power BI)

Tipos de dados no DAX
Existem alguns tipos de dados no DAX que podemos utilizar:
Integer: Numero inteiro.
Decimal: Numero decimal.
Currency: Numero decimal/ Moeda.
DateTime: Data e hora.
Boolean: Valor Booleano (Verdadeiro ou falso).
String: Conjunto de caracteres/ Texto.
Binary: Valor binário.
Variant: Valor variável, pode ser qualquer tipo de dados dependendo do contexto/ Valor Geral.

Somando Tipos Data
Assim como podemos somar dois valores de números inteiro, exemplo 1+1. Em DAX também podemos realizar calculos com datas. Veja abaixo um exemplo de como podemos somar as datas:
'Vendas'[DataVencimento] = Vendas[DataFabricacao] + 10
Se a data fabricação for: 01/10/2021, a valor de [DataVencimento] será: 11/01/2021. Isto pode ser bem útil em alguns casos, dependendo da medida e da informação que você estiver querendo transmitir ao usuário.

Operadores em DAX

Com DAX você também pode utilizar vários tipos de operadores.
Estes operadores são divididos em tipos, sendo estes tipos: Aritméticos, comparação, concatenação e lógicos.
Vamos agora aprender quais operadores fazem parte de cada tipo:

Aritméticos: +, -, *, /
Comparação: =, <>, >, <, >=, <=
Concatenação: &
Lógico: &&, ||, IN, NOT, AND, OR

Declarando Condições
Assim como os operadores, que são encontrados em qualquer linguagem de programação, mesmo DAX não sendo uma linguagem de programação como as demais, ele também utiliza algo muito conhecido no mundo do desenvolvimento de software, os famoso IF, ou operador de condição. O uso é totalmente básico, veja o exemplo abaixo:

IF (
Vendas[quantidade] > 1,
"MAISDEUM",
"MENOSDEUM"
)

No exemplo acima, estou dizendo para o DAX que, se o valor do campo “quantidade” for maior do que um (1) para ele escrever “MAISDEUM”, caso contrário escreve “MENOSDEUM”. O uso é muito simples e funciona como em qualquer outra linguagem.
O comando IF também pode ser escrito com três parâmetros, como no exemplo abaixo:

IF (
Vendas[quantidade] > 1,
Vendas[quantidade],
BLANK ()
)

Neste caso, se o valos da venda for maior que um, retorne a venda, caso contrário mantenha o campo em “branco” (VAZIO) sem retornar nada escrito.

Mais uma vez, mostramos um conteúdo bem básico sobre o uso e DAX. Não se preocupe, nos proximos posts vamos ir avançando aos poucos para que você possa ir se familiarizando com a linguagem de formulas. Se você tem o Power BI instalado em sua máquina, aproveite para realizar os testes, crie suas próprias formulas. Até a proxima.



Deixe uma resposta